Monthly Archives: julho 2011

" rel="bookmark">

" rel="bookmark">Insensato Coração – Resumo 01/08 á 05/08

by | 07-31-2011

"> post-arrow

Segunda-Feira 01/08/2011 Cortez foge da casa de detenção de helicóptero. Ao chegar em casa, o banqueiro descobre que Natalie pegou o dinheiro que ele tinha guardado no cofre.Bibi conta a Vitória e Marina que vai se casar. Vitória aconselha Rafa a procurar Cecília.Daisy comenta com Roni que marcou um encontro com um antigo namorado no Bar do Gabino. Beto chega com Ísis ao Bar do Gabino e, ao ver Daisy, pede para se sentar à mesa com ela e Geraldo. A secretária se declara para Beto e os dois se beijam. Gabino tenta conversar com Fabíola.Neném tenta descobrir algo sobre . . . . . .

" rel="bookmark">

" rel="bookmark">Morde e Assopra – Resumo 01/08 á 06/08

by | 07-31-2011

"> post-arrow

Segunda-Feira 01/08/2011 Naomi conta para Salomé que falsificou o teste de paternidade de Rafael com a ajuda de Guilherme. Salomé exige a casa de Ícaro para não revelar o segredo de Naomi e ela lhe propõe um acordo. Salomé finge aceitar a proposta de Naomi e planeja um golpe. Ícaro descobre que Akira saiu no meio do dia e fica desconfiado. Tieko pressiona Hoshi a lhe contar porque Akira foi procurá-la. Leandro conversa com Janice e demonstra tristeza.Ícaro proíbe Zariguim de ligar Naomi robô novamente. Celeste contrata o salão do hotel para sua festa de casamento. Natália se recusa a . . . . . .

Cordel Encantado – Resumo 01/08 á 03/08

by | 07-31-2011

post-arrow

Segunda-Feira 01/08/2011 Herculano aconselha Jesuíno a ficar com Dora. Úrsula sente saudades do capitão. Maria Cesária conforta Augusto. Lilica e Tibungo se beijam. Helena percebe a intimidade entre Zóio-Furado e Ternurinha. Timóteo avisa a Téinha que todas as crianças devem pagar a ele uma mensalidade para estudar. Jesuíno combina com Ademar de reunir o povo de Brogodó e Vila da Cruz no cinema. Farid tenta entrar no quarto de Penélope, mas Bel o expulsa. Batoré convida Antônia para ver uma fita. Timóteo leva Zóio-Furado para recolher o dinheiro dos comerciantes. Açucena reza com Virtuosa. Batoré desconfia por não conseguir entrar . . . . . .